New Property

loading...

SALAS COM LAREIRA | OPÇÕES E AMBIENTES DE DECORAÇÃO

Salas com Lareira  |  Opções e ambientes de Decoração

Com a chegada do Outono e das temperaturas mais frias, recuperamos dos armários roupas mais quentes.

Mas para quem ainda tem o sonho de ter uma lareira em casa para relaxar diante de uma chama quente e agradável,  este artigo identifica algumas vantagens, desvantagens e as diversas formas de organizar e decorar uma sala com lareira. Quando escolher a sua tenha estes aspectos em consideração.

Lareira a lenha
São geralmente embutidas na parede e feitas em alvenaria (o acabamento pode ser em tijolo, pedra, mármore, etc.), ou de ferro, que tem um visual mais rústico por manter a sua cor original escura. É indicada para moradias, pois necessita de uma chaminé para liberar o fumo, não sendo normalmente indicada para quem vive em apartamentos.

Terá que prever um espaço, de preferência próximo da lareira, para guardar a lenha, facilitando assim a reposição à medida que vai sendo queimada, soltando aquela chama hipnotisante e pequenos estalidos que são únicos.

Uma desvantagem é que o fogo nem sempre é muito fácil de acender e quem não tem prática pode demorar algum tempo. Este tipo de lareira tem uma manutenção constante para manter a chama acessa e necessita de ser limpa quando apagada.

Em termos de segurança, é imprescindível o cuidado com crianças e animais de estimação quando a chama está acesa!

Lareira eléctrica
Muito práticas e seguras já que com um apertar de botão as chamas (em 3D, imitando as chamas reais) são acesas e o calor começa a preencher o espaço. Ideal para quem tem crianças e para quem precisa de uma manutenção fácil, pois a inexistência de chamas e lenha não cria fumo ou fuligem, e por isso também não precisa de chaminé.

Nas vantagens ainda estão a fácil instalação, sem necessidade de uma grande obra dentro de casa e a modernidade do seu design (para os mais conservadores, existem modelos que imitam a aparência da lareira a lenha).

Nas desvantagens, o consumo de energia, dependendo do uso e da potência do aquecimento, pode ser elevado levando a um aumento na conta de electricidade.

Lareira a gás
Esta é uma opção de aquecimento sem o uso de lenha, mas com uma chama viva bem próxima daquele gerada pela lareira a lenha.

Tem uma manutenção rápida e pode ser utilizada em moradias ou apartamentos.

Uma vez que tem que ser embutida na parede e ligada a um ponto de gás (botija ou gás natural canalizado), necessita de alguma obra, mesmo não necessitando de chaminé.

As chamas podem ser azuladas (como as chamas de fogão) uma vez que se trata de uma queima de combustível.

Em termos de segurança, é imprescindível o cuidado com crianças e animais de estimação quando a chama está acesa!

Lareira ecológica
Funciona com álcool ou etanol, combustíveis renováveis e menos poluentes. Está a ganhar popularidade entre os diferentes tipos de lareira!

Tem chamas reais que também podem ser azuladas e não produz fumo nem fuligem, resultando numa limpeza muito fácil. O combustível utilizado é bem mais barato que a lenha. Não necessita de uma obra significativa para ser instalada.

Além desses tipos tradicionais, existem ainda outros tipos de lareira, como as virtuais ou lareiras digitais que produzem uma chama 3D e podem ser capazes de aquecer o ambiente.

Agora que já sabe um pouco mais sobre como escolher a lareira ideal para a sua casa, veja a nossa selecção de imagens com salas de decoração bem diferente, modernas e clássicas onde a lareira é o elemento comum.

Inspire-se!

7 DICAS PARA TER UMA CASA “HYGGE”

7 dicas para ter uma casa Hygge.

Hygge (pronuncia-se hue-guh) e é um conceito escandinavo que se traduz em aconchego e bem-estar. Na realidade Hygge não é exactamente uma “coisa” ou um “sentimento” ou algo que possa comprar. É mais um estado de espírito, uma maneira de remover a pressa, desacelerar, estar presente e apreciar as simples alegrias da vida.

Aqui ficam 7 dicas que poderá incorporar na sua vida para ajudá-lo a tornar sua casa mais Hygge:

1 – Invista em boas velas. As velas criam uma atmosfera de calma, serenidade e calor. Ajudam a relaxar e aproveitar o simples prazer da iluminação, podendo ainda escolher um aroma que lhe agrade.

2 – Adicione textura aos seus espaços de descanso. Deixe a sua casa mais acolhedora e confortável adicionando texturas macias e fofas. Uma manta de lã macia para cadeiras, sofás e camas ou algum tapete de pêlo falso para o chão incentivam o descanso, relaxamento e aconchego!

3 – Actualize a sua roupa de “andar por casa”. Invista em calças macias, uma camisola aconchegante e um par de chinelos forrados para quando estiver em casa e pronto para relaxar.

4 – Convide os seus amigos. A arte de um estilo de vida Hygge inclui desfrutar de um tempo de qualidade com amigos e familiares.  Convide alguém para tomar um chá e conversar. Organize um jantar íntimo e descontraído com amigos próximos. Aproveite o seu tempo e esteja presente com os seus amigos.

5 – Desligue o seu telefone depois das 20h00. Consideramos que nos dias de hoje  a nossa dependência da tecnologia é um grande problema. Tente começar a criar o hábito de desligar todas as suas actividades de redes sociais e outras  dependentes de tecnologia depois das 20h00. Em vez disso, leia um bom livro ou aproveite a companhia do seu parceiro, filhos, amigos ou animal doméstico.

6 – Elimine o que não ama. Hygge é muito semelhante ao movimento minimalista em que se tenta eliminar a desordem e o caos para promover uma atmosfera mais relaxada e confortável. Se está cansado da desordem em sua casa, seja radical e comece a doar ou vender tudo o que não adora. Depois de reduzir a sua decoração ao essencial, é mais fácil focar-se em como  melhorar o calor e aconchego do espaço.

7 – Mostre os seus tesouros. Tornar a sua casa mais Hygge inclui exibir as coisas que o fazem feliz ou evocam memórias felizes. Imprima fotografias dos seus filhos ou das suas férias favoritas e adicione-as às suas prateleiras ou paredes. Exiba os livros que gosta de ler. Se gosta de coleccionar, encontre um modo de tornar visível o conjunto de objectos de modo a que quando entra na divisão possa ver o que realmente o faz feliz.

Abraçar o estado de espírito Hygge pode realmente melhorar o seu estilo de vida. Introduza mais do que ama (relaxamento, amigos, família, lembranças felizes) e elimine o que lhe traz stress (muita tecnologia, falta de tempo, agitação).

Mesmo que inclua apenas algumas dessas dicas na sua vida em casa, pensamos que sentirá diferença e vai desejar continuar a construir e melhorar este ambiente todos os dias.

Nós já experimentámos e foi de facto uma mudança muito positiva no nosso dia a dia!

 

5 DICAS PARA ORGANIZAR A ROUPA NA TROCA DE ESTAÇÃO

Chegou o Outono e brevemente terá de por de lado a roupa fresca de Verão. Se não tiver um closet de sonho, onde cabe tudo, vai precisar de organizar o seu guarda-roupa. Aqui ficam 5 dicas para organizar a roupa na troca de estação.

1º  – Começe por retirar tudo do armário e separar as peças por estação. Aquelas que você usa apenas no inverno, outras peças que servem na meia-estação e por último aquelas que você usa somente quando faz calor. Aproveite para por de lado o que já não usa e o que não lhe fica bem e ofereça a alguém! Aproveite também para limpar o armário por dentro.

2º  – Feita a separação pode visualizar melhor o que tem o que torna esta tarefa bem mais fácil. Começe a organizar as suas peças separando-as por tipo de artigo: camisolas, calças, acessórios, etc.. Há no mercado diversos tipos de caixas organizadoras e de vários tamanhos que ajudam muito neste trabalho.

3º – Com tudo organizado de acordo com o tipo de roupa, já poderá pensar em colocar todas as coisas de volta no roupeiro. De acordo com a estação atual poderá começar a organização colocando nos lugares mais altos ou fundos as roupas de outras estações. Deixe de forma intermediária as roupas de meia-estação, tais como casaquinhos e blusas de manga comprida, pois estas sim poderão ser necessárias. E na frente e de forma mais fácil as roupas da estação actual, de modo a estarem mais acessíveis para o dia a dia.

4º. O mesmo critério deve ser utilizado com as roupas que ficam penduradas em cabides. As da estação actual devem estar com acesso mais fácil. Mesmo num roupeiro pequeno mantenha juntas as peças do mesmo tipo, como por exemplo: os casacos, as camisas, os vestidos, saias e as calças. Isto facilita muito no momento em que quiser encontrar alguma peça. Também poderá organizar cada grupo por cores criando um degradê agradável à vista.

 

Procura uma casa com outras características e necessita de vender a sua casa?

Conte com a nossa ajuda! O nosso compromisso é surpreendê-lo de modo a que não hesite em repetir ou recomendar a experiência que connosco viveu.

Contacte-nos!

+351 962024682  |  info@equipagameiro.pt

ENCONTRE UM IMÓVEL
Inscreva-se

Seja o primeiro a conhecer os nossos imóveis e a receber novidades e as últimas notícias do mercado!